Clicky

Buscar
X

Blog da Usa

Por Todas

6 razões para vestir a camisa amarela e torcer pelo futebol feminino brasileiro na copa

Por Usaflex 14/07/2023

A Copa do Mundo vai começar e o futebol feminino brasileiro está bem representado por Marta e companhia. As meninas do Brasil vão atrás de uma taça inédita e cheia de representatividade. Como se isso não fosse estimulante o suficiente, preparamos uma lista com motivos para torcer pela seleção feminina nas próximas semanas. Veja! 

Copa do Mundo Feminina

No dia 20 de julho começa a Copa do Mundo de Futebol Feminino, que será realizada na Austrália e na Nova Zelândia. A seleção canarinha já está se preparando há meses para a competição e, apesar de não ser a favorita, promete fazer bonito. Claro que o caminho não será fácil, mas as meninas vão atrás do título. A história nos mostra que isso é possível, afinal de contas, o  futebol feminino brasileiro chegou bem perto em 2007. Infelizmente perdemos a final para a Alemanha, porém este ano temos vários motivos para acreditar e torcer. 

Futebol Feminino Brasileiro: razões para torcer

O Brasil irá fazer seu jogo de estreia na competição no dia 24 de julho, às 8h da manhã. Para te deixar no clima, fizemos uma lista com 6 razões para vestir a amarelinha e torcer pelo futebol feminino brasileiro nesta Copa do Mundo. Confira!

1. Temos a Marta em nosso time

Marta Vieira da Silva é a maior jogadora de futebol feminino da História, sendo a única a vencer a Bola Ouro 6 vezes. Além disso, a atleta é a principal artilheira da Seleção Brasileira – considerando masculino e feminino -, com 119 gols. Ela ultrapassou a marca de Pelé, que era de 100 gols pela canarinho. Mas o que torna essa copa do mundo tão especial para os fãs da Marta é que será a última da futebolista. Aos 37 anos, a melhor jogadora do mundo anunciou que irá se despedir da competição em 2023. 

2. Nossa treinadora é Pia Mariane Sundhage

A sueca Pia Sundhage é a atual treinadora da seleção de futebol feminino brasileiro. Essa será a primeira copa do mundo de Pia como comandante do Brasil e temos motivos para animação. Primeiramente, Pia tem um histórico vitorioso em sua carreira como técnica. Ela já conquistou duas medalhas de ouro em olimpíadas com os EUA, além de uma prata com a Suécia. Segundo, a sueca está à frente do time brasileiro desde 2019, ou seja, há 4 anos. Isso quer dizer que ela conhece bem as jogadoras e teve tempo para trabalhar o time. 

3. Estamos bem posicionadas no Ranking Fifa

Apesar do pouco investimento que o futebol feminino brasileiro recebeu desde a sua criação, as meninas sempre estiveram bem ranqueadas pela Fifa. Atualmente, a seleção canarinho ocupa a 8º posição. Além da boa colocação, as últimas partidas animaram os torcedores. Quem não se lembra da goleada de 4 a 0 no jogo amistoso contra o Chile? 

4. Essa vai ser a maior Copa do Mundo Feminina da História

Outra razão para prestigiar não só o futebol feminino brasileiro, mas todas as jogadoras da competição, é que esta será a maior copa feminina da história. Não só haverá mais seleções disputando (32 no total), como também os prêmios serão maiores. O objetivo da Fifa é incentivar o futebol feminino e equiparar as premiações com o masculino. 

O evento também teve direitos de transmissão vendidos separadamente pela primeira vez. Antes, a transmissão da Copa do Mundo Feminina era vendida em um “pacote” junto com a competição masculina. Devido ao aumento da audiência na Copa da França, em 2018, e o maior interesse do público, a Fifa optou por vender de forma separada. 

A transmissão dos jogos da seleção será feita tanto na TV aberta quanto no Youtube. Fique atenta aos horários da primeira fase: 

BRA x PAN (24/07 às 8h) 

FRA X BRA (29/07 às 7h)

JAM X BRA (02/08 às 7h). 

5. Precisamos dar atenção ao futebol feminino

Nos últimos anos, tem havido um esforço maior de entidades regionais, nacionais e internacionais para aumentar o investimento no futebol feminino. Tudo isso, claro, é resultado da pressão do público e das próprias atletas. No Brasil, por exemplo, todos os times da Série A são obrigados a ter um time feminino. Recentemente a CBF anunciou que os clubes das outras séries também deverão ter um time feminino até 2027. Além disso, a entidade também anunciou o aumento da premiação do Brasileirão Feminino e da Supercopa Feminina. 

Como dissemos anteriormente, a Fifa também tem adotado medidas para tornar o futebol feminino mais sustentável e melhor. Quanto mais dinheiro investido, mais jogadoras serão formadas, a qualidade dos times subirá e mais campeonatos serão criados. Isso, consequentemente, irá se traduzir em mais dinheiro de patrocínio e publicidade. De maneira que, em poucos anos, o futebol feminino será auto sustentável e lucrativo, como é o masculino.  

É preciso lembrar que, há poucas décadas, as mulheres eram proibidas de jogar futebol. Enquanto os homens jogam e competem há mais de 100 anos, as meninas tiveram que lutar para conseguir o básico, que é o direito de chutar uma bola. Portanto, vamos torcer pelo futebol feminino brasileiro nesta copa e incentivar cada vez mais o esporte no país. 

6. Esse pode ser o primeiro título da nossa história 

As meninas têm um longo e difícil caminho pela frente, mas elas têm potencial para chegar ao primeiro título da história. Na competição estão presentes seleções muito fortes, como os Estados Unidos (maior campeão) e Alemanha (bicampeã). No grupo do Brasil tem outra grande concorrente, que é a França. Porém, as brasileiras podem surpreender e chegar até à final. Seja como for, estaremos torcendo para que elas tragam a taça para casa! 

E aí, já está preparada para torcer pelo futebol feminino brasileiro? Prepare o seu look de copa do mundo e coloque o seu despertador para funcionar, pois dia 24/07, às 8h, o Brasil entra em campo! Estaremos todas torcendo pelas nossas meninas. 

Fique por dentro

Inscreva-se e seja o primeiro a saber sobre
as novidades, promoções e muito mais!

Cadastrado com sucesso!